sábado, 28 de maio de 2016

ALMAS GÊMEAS

Dalva Silva Souza

"... A Terra é nossa grande escola e a principal lição é o amor em todas as suas manifestações ..."

A expressão “almas gêmeas" aparece no livro “Consolador” ditado por Emmanuel a Chico Xavier. O autor apresenta seu texto como uma tese. A expressão, na realidade, serve para designar a ligação pelo amor, significando a união de dois seres, pela simpatia e pela afinidade. Não é a mesma ideia de “metades eternas”, pois quando falamos almas gêmeas, pensamos em dois seres, não como duas metades que precisam se unir para formar um inteiro, mas como individualidades completas que se assemelham e, por isso, se identificam e se sentem atraídas uma para a outra. Os Espíritos revelaram que há afeições particulares entre os Espíritos, isso está explicito na questão 291 de O Livro dos Espíritos. O afeto mencionado na tese das almas gêmeas é um sentimento desse tipo. Também, no texto da resposta à questão 301, essa ideia está assim confirmada: "A simpatia que atrai um Espírito para o outro resulta da perfeita concordância de seus pendores e instintos”. (continua...)

---------------------------------------------------------------------
Leia a íntegra em:
Almas Gêmeas
-------------------------------------------------

quinta-feira, 26 de maio de 2016

NOTA DE PAZ

Pelo Espírito Emmanuel

'... Não incensarás, desse modo, o delírio dos que apregoam a concórdia, incentivando o dissídio, a rebelião, a injúria e o desânimo...'
Ouviste oradores inflamados, advogando a causa da paz sobre toneladas de pólvora e anotaste a presença de supostos vanguardeiros do progresso, solicitando-a sobre montões de ruínas.

Esperam-na, fomentando a desordem e falam dela portando rifles.

No plano maior, os poderosos alinham bombas e os fracos acumulam desesperos.Talvez, por isso, em plano menor, muitos adotaram fórmula idêntica. Em sociedade, acreditam que a astúcia vale mais que a honestidade e, no campo individual, aceitam o egoísmo à feição de senhor. Afirmam-se cultores da harmonia, concorrendo às maratonas da discórdia, referem-se à indulgência disputando o campeonato da crítica, aconselham bondade, acentuando a técnica de ferir e reportam-se ao mundo, regurgitando pessimismo, como quem segue adiante a engulhos de enxurrada e veneno.

E a equação de todos esses desatinos será sempre a guerra... Guerra de princípios, guerra de interesses, guerra fria superlotando manicômios, guerra quente esparzindo a morte.

Sabes, porém, com a Doutrina Espírita, que a consciência carrega consigo, onde esteja, o fruto das próprias obras.

Não incensarás, desse modo, o delírio dos que apregoam a concórdia, incentivando o  dissídio, a rebelião, a injúria e o desânimo.

Trabalharás, infatigavelmente, pelo bem de todos, aperfeiçoando a ti mesmo e sabendo que caminhas em penhor de tua própria imortalidade, para a exaltação da vida eterna, com a paz verdadeira começando de ti.
*  *  *
(Do livro “Ideal Espírita”. Autores Diversos. Psicografia de Chico Xavier.
7ª Ed. Uberaba-MG. CEC. 1973. Lição nº 47. p.119/120.)
Imagem: www.google.com. Acesso em: 15/setembro/2012.
Formatação atualizada em: 25/maio/2016.
Destaques: pelo Editor do Blog.

quarta-feira, 25 de maio de 2016

AMIZADE

Pelo Espírito Emmanuel
"Poderemos obter uma definição da amizade?  
R - Na gradação dos sentimentos humanos, a amizade sincera é bem o oásis de repouso para o caminheiro da vida, na sua jornada de aperfeiçoamento. 
Quem sabe ser amigo verdadeiro é, sempre, o emissário da ventura e da paz, alistando-se nas fileiras dos discípulos de Jesus, pela iluminação natural do espírito que, conquistando as mais vastas simpatias entre os encarnados e as entidades bondosas do Invisível, sabe irradiar por toda parte as vibrações dos sentimentos purificadores. 
Ter amizade é ter coração que ama e esclarece, que compreende e perdoa, nas horas mais amargas da vida. 
Jesus é o Divino Amigo da Humanidade. 
Saibamos compreender a sua afeição sublime e transformaremos os nossos ambientes afetivos num oceano de paz e consolação perenes.”
*  *  * 
(Do livro “O Consolador”. Pelo Espírito Emmanuel. Médium Francisco Cândido Xavier.
11ª Ed. FEB.1985: Questão 174 - p.106/107.Grifos do Blog).
Imagem: www.google.com. Acesso em: 10/dezembro/2015.
Formatação atualizada em: 25/maio/2016.

domingo, 22 de maio de 2016

LAR ALICERCE DE AMOR

 
“...É meu desejo ressaltar que é no recinto do lar edificado no amor e na compreensão que aprenderemos a amar e respeitar a todos os que caminham conosco nessa hora de transição com promessas de paz e luz depois de vencidas as lutas redentoras! 
Alicerce de amor é o que desejo que você construa na formação de sua família ou na restauração dos vínculos que permanecerão como pilotis estruturados na vivência desse sentimento nobre, mantenedor da fortaleza da fé e da confiança em Deus.
Lucy Dias Ramos, Juiz de Fora (MG), 22 de fevereiro de 2013.
*  *  * 
Fontes: Comunicação Social da FEB; 
http://www.febeditora.com.br/.
Acessos em: 22/maio/2016. 

sexta-feira, 20 de maio de 2016

ASSIM FALOU JESUS

Pelo Espírito André Luiz

Disse o Mestre: “Buscai e achareis.”
· Mesmo nos céus, você pode fixar a atenção na sombra da nuvem ou no brilho da estrela.
*
Afirmou o Senhor: “Cada árvore é conhecida pelos frutos.”
· Alimentar-se com laranja ou intoxicar-se com pimenta é problema seu.
*
Proclamou o Cristo: “Orai e vigiai para não entrardes em tentação, porque o espírito, em verdade, está pronto, mas a carne é fraca.”
· O espírito é o futuro e a vitória final, mas a carne é o nosso próprio passado, repleto de compromissos e tentações.
*
Ensinou o Mentor Divino: “Não condeneis e não sereis condenados.”
· Não critique o próximo, para que o próximo não critique a você.
*
Falou Jesus: “Quem se proponha conservar a própria vida, perdê-la-á.”
· Quando o arado descansa, além do tempo justo, encontra a ferrugem que o desgasta.
*
Disse o Mestre: “Não vale para o homem ganhar o mundo inteiro, se perder sua alma.”
· A criatura faminta de posses e riquezas materiais, sem trabalho e sem proveito, assemelha-se, de algum modo, a pulga que desejasse reter um cão para si só.
*
Afirmou o Senhor: “Não é o que entra pela boca que contamina o homem.”
· A pessoa de juízo são, come o razoável para rendimento da vida, mas os loucos ingerem substâncias desnecessárias para rendimento da morte.
*
Ensinou o Mentor Divino: “Andai enquanto tendes luz.”
· O corpo é a máquina para a viagem do progresso e todo relaxamento corre por conta do maquinista.
*
Proclamou o Cristo: “Orai pelos que vos perseguem e caluniam.”
· Interessar-se pelo material dos caluniadores é o mesmo que se adornar você, deliberadamente, com uma lata de lixo.
*
Falou Jesus: “A cada um será concedido segundo as próprias obras.”
· Não se preocupe com os outros, a não ser para ajudá-los; pois que a lei de Deus não conhece você pelo que você observa, mas simplesmente através daquilo que você faz.
*  *  *
Do livro ‘O Espírito da Verdade, ditado pelos Espíritos Emmanuel e André Luiz,
psicografado por Chico Xavier e Waldo Vieira. 1ª ed.
FEB. 1962. Lição 55[E.S.E - Cap. VI – Item 01]. págs. 05/06.
Imagem: www.morguefile.com. Acesso em: 16/agosto/2012.
Formatação atualizada em: 18/maio/2016.

quarta-feira, 18 de maio de 2016

QUE BUSCAIS?

Pelo Espírito Emmanuel
"... Sem a compreensão de Jesus, no campo íntimo, associada aos atos de cada dia, a alma será sempre a prisioneira de inferiores preocupações..."
A vida em si é conjunto divino de experiências.

Cada existência isolada oferece ao homem o proveito de novos conhecimentos. A aquisição de valores religiosos, entretanto, é a mais importante de todas, em virtude de constituir o movimento de iluminação definitiva da alma para Deus.

Os homens, contudo, estendem a esse departamento divino a sua viciação de sentimentos, no jogo inferior dos interesses egoísticos.

Os templos de pedra estão cheios de promessas injustificáveis e de votos absurdos.

Muitos devotos entendem encontrar na Divina Providência uma força subornável, eivada de privilégios e preferências. Outros se socorrem do plano espiritual com o propósito de solucionar problemas mesquinhos.

Esquecem-se de que o Cristo ensinou e exemplificou.

A cruz do Calvário é símbolo vivo.

Quem deseja a liberdade precisa obedecer aos desígnios supremos. Sem a compreensão de Jesus, no campo íntimo, associada aos atos de cada dia, a alma será sempre a prisioneira de inferiores preocupações.

Ninguém olvide a verdade de que o Cristo se encontra no umbral de todos os templos religiosos do mundo, perguntando, com interesse, aos que entram: “Que buscais?
*  *
“E Jesus, voltando-se e vendo que eles o seguiam, disse-lhes: Que buscais?”
(JOÃO, capítulo 1, versículo 38.)
*  *  *
(Do livro “Caminho, Verdade e Vida”, de Emmanuel, psicografado por Chico Xavier. 14ª ed. FEB. 1990. Lição nº 22.)
Formatação atualizada em:14/maio/2016. Destaques: pelo editor do Blog.
Imagem: www.morguefile.com. Acesso em:  28/julho/2014. .

sábado, 14 de maio de 2016

NOS DOMÍNIOS DA VOZ


Pelo Espírito André Luiz

"...A voz descontrolada pela cólera, no fundo, é uma agressão e a agressão jamais convence..."

Observe como vai indo a sua voz, porque a voz é dos instrumentos mais importantes na vida de cada um.

A voz de cada pessoa está carregada pelo magnetismo dos seus próprios sentimentos.

Fale em tonalidade não tão alta que assuste e nem tão baixa que crie dificuldade a quem ouça.

Sempre aconselhável repetir com paciência o que já foi dito para o interlocutor, quando necessário, sem alterar o tom de voz, entendendo-se que nem todas as pessoas trazem audição impecável.

A quem não disponha de facilidades para ouvir, nunca dizer frases como estas: "Você está surdo?", "Você quer que eu grite?", "Quantas vezes quer você que eu fale?" ou "Já cansei de repetir isso".

A voz descontrolada pela cólera, no fundo, é uma agressão e a agressão jamais convence.

Converse com serenidade e respeito, colocando-se no lugar da pessoa que ouve, e educará suas manifestações verbais com mais segurança e proveito.

Em qualquer telefonema, recorde que no outro lado do fio está alguém que precisa de sua calma, a fim de manter a própria tranqüilidade.
*  *  *
(Do livro 'Sinal Verde', pelo Espírito André Luizpsicografado por Francisco Cândido Xavier.
Uberaba-MG. 57ª reimpressão da ed. original. Lição nº 3. Comunhão Espírita Cristã. 2011.)
Imagem: www.morguefile.com. Acesso: 25/abril/2016.

quarta-feira, 11 de maio de 2016

COMBATE INTERIOR


Pelo Espírito Emmanuel


"...Ora e vigia, prepara-te e afeiçoa o coração à humildade à paciência..."

Em plena juventude, Paulo terçou armas contra as circunstâncias comuns, de modo a consolidar posição para impor-se no futuro da raça. Pelejou por sobrepujar a inteligência de muitos jovens que lhe foram contemporâneos, deixou colegas e companheiros distanciados. Discutiu com doutores da Lei e venceu-os. Entregou-se à conquista de situação material invejável e conseguiu-a.

Combateu por evidenciar-se no tribunal mais alto de Jerusalém e sobrepôs-se a velhos orientadores do povo escolhido. Resolveu perseguir aqueles que interpretava por inimigos da ordem estabelecida e multiplicou adversários em toda parte. Feriu, atormentou, complicou situações de amigos respeitáveis, sentenciou pessoas inocentes a inquietações inomináveis, guerreou pecadores e santos, justos e injustos...

Surgiu, contudo, um momento em que o Senhor lhe convoca o espírito a outro gênero de batalha – o combate consigo mesmo.

Chegada essa hora, Paulo de Tarso cala-se e escuta...

Quebra-se-lhe a espada nas mãos para sempre.

Não tem braços para hostilizar e sim para ajudar e servir.

Caminha, modificado, em sentido inverso. Ao invés de humilhar os outros, dobra a própria cerviz.

Sofre e aperfeiçoa-se no silêncio, com a mesma disposição de trabalho que o caracterizava nos tempos de cegueira.

É apedrejado, açoitado, preso, incompreendido muitas vezes, mas prossegue sempre, ao encontro da Divina Renovação.

Se ainda não combates contigo mesmo, dia virá em que serás chamado a semelhante serviço.

Ora e vigia, prepara-te e afeiçoa o coração à humildade e à paciência. Lembra-te, meu irmão, de que nem mesmo Paulo, agraciado pela visita pessoal de Jesus, conseguiu escapar.
*
“Tendo o mesmo combate que já em mim tendes visto e agora ouvis
estar em mim.”  – Paulo. (Filipenses, 1:30.)
*  *  * 
(Do livro "Pão Nosso", do Espírito Emmanuel,
psicografado por Chico Xavier,
16ª ed.FEB.1994, lição nº 178, págs. 367/368.).
Imagem: www.google.com. Acesso em: 21/abril/2016.

domingo, 8 de maio de 2016

SUGESTÕES NO CAMINHO


Pelo Espírito André Luiz
"...Só existe um mal a temer: aquele que ainda exista em nós..."
Lamentar-se por quê?... Aprender sempre, sim. 

Cada criatura colherá da vida não só pelo que faz, mas também conforme esteja fazendo aquilo que faz. 

Não se engane com falsas apreciações acerca de justiça, porque o tempo é o juiz de todos. 

Recorde: tudo recebemos de Deus que nos transforma ou retira isso ou aquilo, segundo as nossas necessidades. 

A humildade é um anjo mudo. 

Tanto menos você necessite, mais terá. 

Amanhã será, sem dúvida, um belo dia, mas para trabalhar e servir, renovar e aprender, hoje é melhor. 

Não se iluda com a suposta felicidade daqueles que abandonam os próprios deveres, de vez que transitoriamente buscam fugir de si próprios como quem se embriaga para debalde esquecer. 

O tempo é ouro, mas o serviço é luz. 

Só existe um mal a temer: aquele que ainda exista em nós. 

Não parar na edificação do bem, nem para colher os louros do espetáculo, nem para contar as pedras do caminho. 

A tarefa parece fracassar? Siga adiante, trabalhando, que, muita vez é necessário sofrer, afim de que Deus nos atenda à renovação.
*  *  *
(Do livro 'Sinal Verde', Espírito André Luiz, psicografado por
Francisco Cândido Xavier. Ed. Comunhão Espírita Cristã.
2011.Uberaba MG. 57ª reimpressão da ed. original.Lição nº 34.)
Imagem: MakeSwweet. Acesso em:07/maio/2016.
Destaques: do Blog.

sábado, 7 de maio de 2016

ASSUNTOS DE TEMPO


Pelo Espírito André Luiz

"...Um tipo comum de verdadeira infelicidade é dispor de tempo para acreditar-se infeliz..."   
Se você já sabe quão precioso é o valor do tempo, respeite o tempo dos outros para que as suas horas sejam respeitadas. 
Recorde-se de que se você tem compromissos e obrigações com base no tempo, acontece o mesmo com as outras pessoas. 
Ninguém evolui, nem prospera, nem melhora e nem se educa, enquanto não aprende a empregar o tempo com o devido proveito. 
Seja breve em qualquer pedido. 
Quem dispõe de tempo para conversar sem necessidade, pode claramente matricular-se em qualquer escola a fim de aperfeiçoar-se em conhecimento superior. 
Trabalho no tempo dissolve o peso de quaisquer preocupações, mas tempo sem trabalho cria fardos de tédio, sempre difíceis de carregar. 
Um tipo comum de verdadeira infelicidade é dispor de tempo para acreditar-se infeliz. 
Se você aproveitar o tempo a fim de melhorar-se, o tempo aproveitará você para realizar maravilhas. 
Observe quanto serviço se pode efetuar em meia hora.
Quem diz que o tempo traz apenas desilusões, é que não tem feito outra cousa senão iludir-se. 
* * *
(Do livro 'Sinal Verde', Espírito André Luiz, psicografado por Francisco Cândido Xavier. Ed. 
Comunhão Espírita Cristã. 2011.Uberaba MG. 57ª reimpressão da ed. original.Lição nº 21.)
Imagem: www.google.com .  Acesso em: 07/maio/2016.

domingo, 1 de maio de 2016

PREOCUPAÇÕES


Pelo Espírito André Luiz

"...Trabalhe antes, durante e depois de qualquer crise e o trabalho garantirá sua paz..."

Não se aflija por antecipação, porquanto é possível que a vida resolva o seu problema, ainda hoje, sem qualquer esforço de sua parte.

Não é a preocupação que aniquila a pessoa e sim a preocupação em virtude da preocupação.

Antes das suas dificuldades de agora, você já faceou inúmeras outras e já se livrou de todas elas, com o auxílio invisível de Deus.

Uma pessoa ocupada em servir nunca dispõe de tempo para comentar injúria ou ingratidão.

Disse um notável filósofo: "uma criatura irritada está sempre cheia de veneno", e podemos acrescentar: "e de enfermidade também".

Trabalhe antes, durante e depois de qualquer crise e o trabalho garantirá sua paz.

Conte as bênçãos que lhe enriquecem a vida, em anotando os males que porventura lhe visitem o coração, para reconhecer o saldo imenso de vantagens a seu favor.

Geralmente, o mal é o bem mal-interpretado.

Em qualquer fracasso, compreenda que se você pode trabalhar, pode igualmente servir, e quem pode servir carrega consigo um tesouro nas mãos.

Por maior lhe seja o fardo do sofrimento, lembre-se de que Deus, que agüentou com você ontem, agüentará também hoje.


*  *  *
(Do livro 'Sinal Verde', pelo Espírito André Luiz,
psicografado por Francisco Cândido Xavier.
Uberaba-MG. 57ª reimpressão da ed. original.Lição nº 25.
Comunhão Espírita Cristã. 2011.)
Imagem: www.google.com. Acesso em: 27/abril/2016.