terça-feira, 29 de março de 2016

SEMPRE CHAMADOS


Espírito André Luiz
O cristão é chamado a servir em toda parte.
  • Na casa do sofrimento, ministrará consolação.
  • Na furna da ignorância, fará esclarecimento.
  • No castelo do prazer, ensinará a moderação.
  • No despenhadeiro do crime, sustará quedas.
  • No carro do abuso, exemplificará sobriedade.
  • Na toca das trevas, acenderá luz.
  • No nevoeiro do desalento, abrirá portas ao bom ânimo.
  • No inferno do ódio, multiplicará bênçãos de amor.
  • Na praça da maldade, dispensará o bem.
  • No palácio da justiça, colocar-se-á no lugar do réu, a fim de examinar os erros dos outros.
Em todos os ângulos do caminho, encontraremos sugestões do Senhor, desafiando-nos a servir.
*  *  *
(Do livro 'Agenda Cristã', do Espírito André Luiz,
psicografado por Chico Xavier.45ª ed.FEB.Lição 45.)
Imagem: www.google.com. Acesso em: 29/março/2016.

domingo, 27 de março de 2016

DECÁLOGO DO BOM ÂNIMO

Pelo Espírito André Luiz
"...Não acredite em derrotas. Lembre-se de que, pela bênção de Deus, você está agora em seu melhor tempo..."


1- Dificuldades?
Não perca tempo, lamuriando. Trabalhe.

2- Críticas?
Nunca aborrecer-se com elas. Aproveite-as no que mostrem de útil.

3- Incompreensões?
Não busque torná-las maiores, através de exigências e queixas. Facilite o caminho.

4- Intrigas?
Não lhes estenda a sombra. Faça alguma luz com o óleo da caridade.

5- Perseguições?
Jamais revidá-las. Perdoe esquecendo.

6- Calúnias?
Nunca enfurecer-se contra as arremetidas do mal. Sirva sempre.

7- Tristezas?
Afaste-se de qualquer disposição ao desânimo. Ore abraçando os próprios deveres.

8- Desilusões?
Por que debitar aos outros a conta de nossos erros? Caminhe para frente, dando ao mundo e à vida o melhor ao seu alcance.

9- Doenças?
Evite a irritação e a inconformidade. Raciocine nos benefícios que os sofrimentos do corpo passageiro trazem à alma.

10- Fracassos?
Não acredite em derrotas. Lembre-se de que, pela bênção de Deus, você está agora em seu melhor tempo,- o tempo de hoje, - no qual você pode sorrir e recomeçar, renovar e servir, em meio de recursos imensos.
*  *  *
(Do livro “CORAGEM”. F.C.Xavier/Espíritos Diversos.
Lição nº 8. CEC (Uberaba-MG).29ªed.1999.)
Imagem: http://espiritandoblog.blogspot.com/ .  Acesso em: 01/06/2011.
Formatação atualizada em:27/março/2016.

terça-feira, 22 de março de 2016

O ENSINO DA LUZ

Pelo Espírito Hilário Silva
 
"... - Se a luz do bom exemplo estiver entre nós, os outros perceberão, com facilidade, o caminho..."

-   Senhor - disse Tadeu a Jesus, após o dia de trabalho estafante -, qual é o nosso dever  maior, na execução do Evangelho para a redenção das criaturas?

O Mestre fitou o céu azul em que nuvens pequeninas semelhavam estrigas de linho alvo.

E falou em seguida:

- Em meio de grande tempestade, inúmeros viajantes se recolheram a enorme casarão que se assemelhava a um labirinto. Porque sentissem medo uns dos outros, cada qual se escondeu nos quartos mais internos e, vindo a noite, em vão procuraram  o lugar de saída. Começou, então, enorme conflito. Lamentos. Pragas. Assaltos. Correrias. Pancadas. Crimes nas trevas. Um homem, que por ali passava, ouviu os rogos de socorro que partiam do infortunado reduto e, longe de gritar ou discutir, acendeu a sua candeia e passou entre os amotinados, em profundo silêncio. Bastou a luz dele para que todos percebessem os disparates que vinham fazendo, ao mesmo tempo que encontravam, por si mesmos, a porta libertadora.

O Mestre fez grande intervalo e voltou a dizer:

- Se a luz do bom exemplo estiver entre nós, os outros perceberão, com facilidade, o caminho.

- E que fazer, Senhor, para semelhante conquista?

Jesus, continuando em sua contemplação do céu, como exilado buscando alguma visão da pátria longínqua, aclarou docemente:

- Procuremos o Reino de Deus e a sua justiça, isto é, vivamos no amor puro e na consciência tranqüila... E tudo o mais ser-nos-á acrescentado.
*  *  *
(Do livro ”A Vida Escreve”, pelo Espírito Hilário Silva, psicografia de
Waldo Vieira e Chico Xavier. 7ª ed. FEB. 1992. Cap. 28. p.223/224.)
Imagem:  www.google.com . Acesso em:  16/outubro/2012.
Formatação atualizada em: 22/março/2016.

domingo, 13 de março de 2016

PALAVRA AOS ESPÍRITAS

Pelo Espírito Emmanuel

"...Somos, assim, chamados à tarefa da restauração e da paz, sem que essa restauração signifique retorno aos mesmos erros e sem que essa paz traduza a inércia dos pântanos..."

Espiritismo revivendo o Cristianismo – eis a nossa responsabilidade.

Como outrora Jesus revelou a Verdade em amor, no seio das religiões bárbaras de há dois mil anos, usando a própria vida como espelho do ensinamento de que se fizera veículo, cabe agora ao Espiritismo confirmar-lhe o ministério divino, transfigurando-lhe as lições em serviço de aprimoramento da Humanidade.

Espíritas!

Lembremo-nos de que templos numerosos, há muitos séculos, falam dEle, efetuando porfiosa corrida ao poder humano, olvidando-lhe a abnegação e a humildade.

E porque não puderam acomodar-se aos imperativos do Evangelho, fascinados que se achavam pela posse da autoridade e do ouro, erigiram pedestais de intolerância para si mesmos.

Todavia, a intolerância é a matriz do fratricídio, e o fratricídio é a guerra de conquista em ação. E a lei da guerra de conquista é o império da rapina e do assalto, da insolência e do ódio, da violência e da crueldade, proscrevendo a honra e aniquilando a cultura, remunerando a astúcia e laureando o crime, acendendo fogueiras e semeando ruínas em rajadas de sangue e destruição.

Somos, assim, chamados à tarefa da restauração e da paz, sem que essa restauração signifique retorno aos mesmos erros e sem que essa paz traduza a inércia dos pântanos.

É imprescindível estudar educando e trabalhar construindo.

Não vos afasteis do Cristo de Deus, sob pena de converterdes o fenômeno em fator de vossa própria servidão às cidadelas da sombra, nem algemeis os punhos mentais ao cientificismo pretensioso.

Mantende o cérebro e o coração em sincronia de movimentos, mas não vos esqueçais de que o Divino Mestre superou a aridez do raciocínio com a água viva do sentimento, a fim de que o mundo moral do homem não se transforme em pavoroso deserto.

Aprendamos do Cristo a mansidão vigilante.
Herdemos do Cristo a esperança operosa. 
Imitemos do Cristo a caridade intemerata. 
Tenhamos do Cristo o exemplo resoluto. 
Saibamos preservar e defender a pureza e a simplicidade de nossos princípios. 
Não basta a fé para vencer. É preciso que a fidelidade aos compromissos assumidos se nos instale por chama inextinguível na própria alma. 
Nem conflitos estéreis. 
Nem fanatismo dogmático. 
Nem tronos de ouro. 
Nem exotismos. 
Nem perturbação fantasiada de grandeza intelectual. 
Nem bajulação às conveniências do mundo. 
Nem mensagens de terror. 
Nem vaticínios mirabolantes.
Acima de tudo, cultuemos as bases codificadas por Allan Kardec, sob a chancela do Senhor, assinalando-nos as vidas renovadas, no rumo do Bem Eterno.

O Espiritismo, desdobrando o Cristianismo, é claro como o Sol.

Não nos percamos em labirintos desnecessários, porquanto ao espírita não se permite a expectação da miopia mental.

Sigamos, pois, à frente, destemerosos e otimistas, seguros no dever e leais à própria consciência, na certeza de que o nome de Nosso Senhor Jesus-Cristo está empenhado em nossas mãos.
*  *  *
Do livro “Religião dos Espíritos”, de Emmanuel,
 psicografado por Chico Xavier, 4ª Ed. FEB.1978..[Reunião pública de 17.04.59].págs. 67/69.)
Imagem: www.google.com. Acesso em: 28/novembro/2015.
Destaques:pelo Editor do Blog.Formatação atualizada em: 12/março/2016.

quinta-feira, 10 de março de 2016

O GRANDE MÉDICO DAS ALMAS

Mensagem do Espírito de Verdade
Sou o grande médico das almas e venho trazer-vos o remédio que vos há de curar. Os fracos, os sofredores e os enfermos são os meus filhos prediletos. Venho salvá-los. 
Vinde, pois, a mim, vós que sofreis e vos achais oprimidos, e sereis aliviados e consolados. Não busqueis alhures a força e a consolação, pois que o mundo é impotente para dá-las. Deus dirige um supremo apelo aos vossos corações, por meio do Espiritismo. Escutai-o. 
Extirpados sejam de vossas almas doloridas a impiedade, a mentira, o erro, a incredulidade. São monstros que sugam o vosso mais puro sangue e que vos abrem chagas quase sempre mortais. 
Que, no futuro, humildes e submissos ao Criador, pratiqueis a sua lei divina. Amai e orai; sede dóceis aos Espíritos do Senhor; invocai-o do fundo de vossos corações. 
Ele, então, vos enviará o seu Filho bem-amado, para vos instruir e dizer estas boas palavras: Eis-me aqui; venho até vós, porque me chamastes.
*  *  *
KARDEC, Allan. O Evangelho Segundo O Espiritismo.112ª ed. Rio [de Janeiro]:FEB, 1992.
O Espírito de Verdade (Bordéus, 1861.).Cap. VI. Instruções dos Espíritos. Item 7. pág. 131.
Imagem:http://www.google.com.br/. Acesso em: 29/jul./2010.
Formatação atualizada em 10/março/2016.

terça-feira, 1 de março de 2016

PARA AGIR MELHOR

André Luiz

"...Se você espera progresso e milagres em seu caminho, não pare de trabalhar..."

Confie em Deus e em você mesmo para dirigir-se, mas entenda que você, por enquanto, ainda é um ser humano, sem ser um anjo.

Exercite auto-aceitação, a fim de não se marginalizar nas idealizações negativas.

Não chore sem consolo sobre as experiências que se lhe fazem necessárias, porque a lamentação repetida conduz simplesmente à solidão e a solidão, mesmo brilhante significa inutilidade e vazio.

Se você caiu em algum erro e consegue saber disso, já possui também discernimento bastante para retificar-se.

Guarde a lição do passado sem transportar consigo a embalagem dos problemas de que você a extraiu.

Compreendamos os outros nas lutas deles para sermos compreendidos em nossas dificuldades.

O tempo é um mercado de oportunidades constantes na construção que podemos aproveitar, quanto e quando quisermos.

Se você espera progresso e milagres em seu caminho, não pare de trabalhar.

Garantindo saúde e paz, equilíbrio e segurança em favor da própria vida, aceite os outros tais quais são, sem alimentar inveja ou ressentimento.

Recorde os talentos que lhe enriquecem a personalidade e as bênçãos que lhe valorizam a existência e lembre-se que todo dia é momento de estender a prática do bem, esquecer o mal, aprender sempre mais e fazer o melhor.
*  *  *
(Do livro ‘Respostas da Vida’. Espírito André Luiz.
Psicografia de Francisco Cândido Xavier. Ed. 05/1975. Lição nº 20.).
Fonte: http://www.autoresespiritasclassicos.com/. Acesso:14/fevereiro/2016.
Imagem: www.google.com. Acesso em: 01/março/2016.