quinta-feira, 25 de maio de 2017

EM MATÉRIA AFETIVA

Pelo Espírito André Luiz

'...Jamais brinque com os sentimentos do próximo...'
Sempre é forçoso muito cuidado no trato com os problemas afetivos dos outros, porque muitas vezes os outros, nem de leve, pensam naquilo que possamos pensar.
🔹
Os Espíritos adultos sabem que, por enquanto, na Terra, ninguém pode, em sã consciência, traçar a fronteira entre normalidade e anormalidade, nas questões afetivas de sentido profundo.
🔹
Os pregadores de moral rigorista, em assuntos de amor, raramente não caem nas situações que condenam.
🔹
Toda pessoa que lesa outra, nos compromissos do coração, está fatalmente lesando a si própria.
🔹
Respeite as ligações e as separações, entre as pessoas do seu mundo particular, sem estranheza ou censura, de vez que você não lhes conhece as razões e processos de origem.
🔹
As suas necessidades de alma, na essência, são muito diversas das necessidades alheias.
🔹
No que tange a sofrimentos do amor, só Deus sabe onde estão a queda ou a vitória.
🔹
Jamais brinque com os sentimentos do próximo.
🔹
Não assuma deveres afetivos que você não possa ou não queira sustentar.
🔹
Amor, em sua existência, será aquilo que você fizer dele.
🔹
Você receberá, de retorno, tudo o que der aos outros, segundo a lei que nos rege os destinos.
🔹
Ante os erros do amor, se você nunca errou por emoção, imaginação, intenção ou ação, atire a primeira pedra, conforme recomenda Jesus.🔵
________________________________________
(Do livro 'Sinal Verde', pelo Espírito André Luiz, psicografado por Francisco Cândido Xavier-
Uberaba-MG. 57ª reimpressão da ed. original- Comunhão Espírita Cristã. 2011.) Lição nº 37.
Imagem: www.morguefile.com. Acesso: 27/abril/2016.
Formatação atualizada em: 25/maio/2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário