segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

A RAZÃO E A FÉ

Pelo Espírito Emmanuel
"Poderá a Razão dispensar a Fé?"
(O Consolador - Q.199)
A razão humana é ainda muito frágil e não poderá dispensar a cooperação da fé que a ilumina, para a solução dos grandes e sagrados problemas da vida.

Em virtude da separação de ambas, nas estradas da vida, é que observamos o homem terrestre no desfiladeiro terrível da miséria e da destruição.

Pela insânia da razão, sem a luz divina da fé, a força faz as suas derradeiras tentativas para assenhorear-se de todas as conquistas do mundo.

Falastes demasiadamente de razão e permaneceis na guerra da destruição, onde só perambulam miseráveis vencidos; revelastes as mais elevadas demonstrações de inteligência, mas mobilizais todo o conhecimento para o morticínio sem piedade: pregastes a paz, fabricando os canhões homicidas; pretendestes haver solucionado os problemas sociais, intensificando a construção das cadeias e dos prostíbulos. Esse progresso é o da razão sem a fé, onde os homens se perdem em luta inglória e sem-fim.” 

"Poder-se-á definir o que é ter fé?"
("O Consolador" -Q. 354)
Ter fé é guardar no coração a luminosa certeza em Deus, certeza que ultrapassou o âmbito da crença religiosa, fazendo o coração repousar numa energia constante de realização divina da personalidade. 

Conseguir a fé é alcançar a possibilidade de não mais dizer: “eu creio”, mas afirmar: “eu sei”, com todos os valores da razão tocados pela luz do sentimento. Essa fé não pode estagnar em nenhuma circunstância da vida e sabe trabalhar sempre, intensificando a amplitude de sua iluminação, pela dor ou pela responsabilidade, pelo esforço e pelo dever cumprido.

Traduzindo a certeza na assistência de Deus, ela exprime a confiança que sabe enfrentar todas as lutas e problemas, com a luz divina no coração, e significa a humildade redentora que edifica no íntimo do espírito a disposição sincera do discípulo, relativamente ao “faça-se no escravo a vontade do Senhor”.”🔵
____________________________
(Do livro “O Consolador”, ditado pelo Espírito Emmanuel
ao médium Francisco Cândido Xavier. 11ª Ed. FEB.1985:
Questões 199 - p.120; e 354 - p.200.)
Imagem: www.google.com. Acesso em: 08/novembro/2012.
Formatação atualizada em: 07/janeiro/2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário