domingo, 16 de outubro de 2016

MÃES ABNEGADAS FILHOS INGRATOS

Pelo Espírito Anália Franco

'...Filhos! Refleti enquanto ao vosso lado se encontra o
anjo maternal dando-vos amparo e carinho...'

Entre os graves comportamentos destrutivos que caracterizam a inferioridade humana, a ingratidão destaca-se, infeliz, sendo, porém, a dos filhos em relação aos pais, uma ulceração moral das mais perturbadoras.
 
A gratidão é o sentimento nobre que enriquece o Espírito de bênçãos, proporcionando-lhe saúde e bem-estar.


Exorna o caráter com os valiosos tesouros da fidelidade e da alegria de viver, facultando a visão otimista para uma existência de eloquente significado. A ingratidão é chaga moral que decompõe os sentimentos, trabalhando-os no processo degenerativo.


Pergunta-se: por que mães abnegadas, cujas existências são assinaladas pela ternura e devotamento, padecem a crueza de filhos ingratos que as crucificam nas traves invisíveis do martírio?

(continua...)
___________________________________________
Leia a íntegra em:
______________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário